Garanta o sucesso do evento identificando seu público-alvo

Share Button
garra-marketing-promocoes-eventos-sc
Identificar corretamente seu público poupa trabalho e garante decisões assertivas.

 

 

Aplicação de pesquisas junto

a participantes de eventos

antecipam tendências

e garantem sucesso na divulgação

 

Promotores e organizadores de eventos devem ser unânimes em dizer que o ponto principal para garantir o sucesso de um evento é a divulgação e o consequente número de adesões a ele. Quando dependemos da ação de terceiros, identificar corretamente o público-alvo para traçar a melhor estratégia de divulgação e lançar mão de informações é fundamental. Sempre podemos recorrer a dados secundários que são abundantes na internet ou junto a entidades da área de eventos. Mas você também pode montar a sua própria base de dados que vai ajudar muito a tomar as decisões acertadas e obter melhores resultados para os seus eventos.

Neste post vamos mostrar como a tomada de decisões pode ser facilitada utilizando o exemplo de um evento organizado pela Garra em setembro de 2017, onde aplicamos questionários de avaliação aos participantes. Através deste trabalho pudemos fazer uma análise completa do perfil dos participantes, suas visões sobre a organização, estrutura física e desempenho dos palestrantes.

 

Confira abaixo alguns dos dados coletados:

 

garra-marketing-eventos-promocoes-infografico-sucesso-de-evento-com-pesquisa
Infográfico: Dados Primários de Evento Organizado pela Garra em 2017

 

Analise os dados detalhadamente

Saber trabalhar com os dados é muito importante. Além de aplicar os questionários, é necessário fazer a tabulação e cruzar estes dados, estudando os resultados e buscando compreender discrepâncias.

Como o evento utilizado no exemplo é realizado anualmente, manter tal base de dados permite efetuar ajustes e estar sempre surpreendendo e fidelizando os participantes, elevando a sua qualidade a cada edição. Além disso, podemos conferir se estamos realizando a divulgação de forma adequada ao público que desejamos atrair.

  • Por se tratar de um evento que aborda a temática de métodos extrajudiciais de solução de conflitos para pessoas profissionalmente ativas (o que explica a média de idade apurada na pesquisa), a coordenação do evento citado efetua muitas parcerias com conselhos de classe profissionais, além de forte divulgação em faculdades. O foco principal está nas profissões de advogados, contadores e administradores. Podemos inferir que neste ponto fomos bem sucedidos. Podemos conferir pelos dados coletados a forte presença de advogados, estudantes e professores de graduação.
  • Em anos anteriores, houve a presença muito forte de contadores, o que não se repetiu em 2017, devido à realização de um evento pelo conselho de classe parceiro concomitantemente ao nosso (aí está um ponto de atenção!).
  • Outro dado interessante obtido foi a boa aceitação da forma de inscrição estabelecida à partir daquele ano. Anteriormente as inscrições eram realizadas pelo próprio site da entidade promotora do evento e, em 2017, foi escolhida uma plataforma de gerenciamento de inscrições online para fazer esta parte. Isto ocasionou em outra informação curiosa: nos questionários respondidos apareceu como terceira mais assinalada a resposta “como soube do evento: através de outros meios”; em edições anteriores esta resposta recebeu contagem mínima e isto se explica pela ampla divulgação realizada pela plataforma de inscrições nos sites de pesquisa.

A possibilidade de avaliar a aceitação da temática das palestras e desempenho dos palestrantes é um excelente termômetro sobre o que as pessoas querem assistir no futuro e antecipam as tendências. Certamente, apesar de trabalhoso, investir na captação de dados vale a pena!

E você? Quais técnicas tem desenvolvido nos seus eventos para ser mais assertivo? Compartilhe conosco!

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.